Skip to main content

Antes de condenar

Conta o escritor Stephen Covey um fato ocorrido com ele numa manhã de domingo, no metrô de Nova York. As pessoas estavam lendo jornais, divagando, descansando com os olhos semicerrados. Era uma cena calma e tranquila. Então, um homem entrou no vagão com os filhos. As crianças faziam algazarra e se comportavam mal. O clima […]

Leia Mais

É dando que se recebe.

Um profissional desempregado despertou certa manhã e revisou seu bolso. Tudo o que lhe sobrava eram R$10,00. Decidiu utilizá-los para comprar comida e esperar a hora de morrer, já que era muito orgulhoso para pedir esmola. Estava tão frustrado por não encontrar emprego e não tinha ninguém disponível para ajudá-lo . Comprou sua comida e […]

Leia Mais

O que nos leva a doar para a caridade?

  Você esta seguindo o fluxo na avenida e o sinal fechou e um homem sem teto lhe pede umas moedas ou um malabarista de bolinhas a frente de seu veiculo impressiona e também pede alguns trocados. Você sai do supermercado e lhe pedem qualquer alimento do seu carrinho para a entidade “x” ou “y”. […]

Leia Mais

Ninguém é superior a ninguém.

  Certo dia, uma mulher avistou um mendigo, sentado numa calçada na Rua.. Aproximou-se dele, e como o pobre coitado, já estava acostumado a ser chacoteado por todos, a ignorou.. Um policia, observando a cena , aproximou-se : – Ele está a incomodar a senhora? Ela respondeu: – De modo algum – eu é que […]

Leia Mais

Reflexão do dia

  Lá estava eu com minha família, em férias, num acampamento isolado e com o carro enguiçado. Isso aconteceu há 5 anos, mas lembro-me como se fosse ontem. Tentei dar a partida no carro. Nada. Caminhei para fora do acampamento e, felizmente, meus palavrões foram abafados pelo barulho do riacho. Concluí que era vítima de […]

Leia Mais

Auxílio mútuo

  Em zona montanhosa, através de região deserta, caminhavam dois velhos amigos, ambos enfermos, cada qual a defender-se quanto possível contra os golpes do ar gelado, quando foram surpreendidos por uma criança semi-morta na estrada, ao sabor da ventania de inverno. Um deles fixou o singular achado e exclamou, irritadiço: Não perderei tempo! A hora […]

Leia Mais