Skip to main content

Não tentemos esquecer o passado

Não tentemos esquecer o passado, porque ninguém pode apagar as cicatrizes da alma e nem a força das alegrias vividas. Contudo, não devemos, também, ficar amarrados no passado, presos no saudosismo dos bons momentos ou na amargura dos fracassos.

Não tentemos atropelar o presente, porque ele só existe no agora e se for antecipado já se torna amanhã. De igual forma não queiramos viver o futuro antes do tempo, porque ninguém pode ser feliz em um tempo que não conhece.

A vida é um fenômeno ao vivo, onde podemos encontrar a prosperidade, o sucesso, a evolução, mas, tudo depende de como interpretamos as coisas que chegam até nós ou são criadas por nós.

Não importa o que o mundo ou as pessoas nos apresentem, o que vale é como reagimos aos fatos. Se tirarmos o medo de nossas escolhas e realizações, veremos que as coisas são bem mais simples e fáceis de serem atingidas.

Portanto, procuremos viver o presente da melhor forma que pudermos, aprendendo com as experiências e lições do passado, mas confiantes num futuro que, embora incerto, será reflexo do melhor que fizermos no “agora”.

Neste domingo, roguemos ao Criador que nos municie de suficiente sabedoria para fazermos as melhores escolhas, na busca natural e incessante da nossa felicidade! E iniciemos uma excelente semana!

Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.