Skip to main content

Você acredita em milagres ?

Pela primeira vez…eu abro essa experiência de vida em público!!!
Mas está na hora de dividí-la. ACREDITEM: EU RECEBI SOCORRO DIVINO!
JULGUEM VOCÊS!

Tive um infarto aos 43 anos de idade…como consequência tive que me submeter a 5 angioplastias no período de 4 meses ; como reocluia a artéria todas as vezes, resolveram colocar um STENT…( na véspera do procedimento…tive a certeza que ia MORRER! )arrumei a vida pessoal, financeira…deixei um envelope com todas as soluções com uma pessoa de confiança e disse: Qualquer coisa que me aconteça, entrega esse envelope a Fulano.
PAREI, PENSEI…E RESOLVI QUE EU NÃO QUERIA MORRER, EU PRECISAVA VIVER, POIS TINHA UMA FILHA , NA ÉPOCA COM 16 ANOS:
Hora de usar o que Deus te deu ANA e nem ele interfere: LIVRE ARBITRIO….USEI…disse a Deus que reivindicava o meu direito de usá-lo e escolhia a VIDA!
Entrei para o procedimento médico: (eu estava angustiada mais confiante) nisso , ouço uma voz: PORQUE AOS SEUS ANJOS DEUS MANDOU QUE TE GUARDEM EM TODOS OS SEUS CAMINHOS; Eu respondi , Amém! Com 5 minutos( diga-se de passagem, que eu acompanhava pelo monitor todos os procedimentos) eu senti um CHOQUE em todo o corpo….falei: tô com câimbra! não obtive resposta…quando olhei para o monitor: PURO TERROR! O STENT impactou em meu ventrículo esquerdo…e o rasgou!
Aí começou a confusão: SALA DE CIRUGIA URGENTE…PERDENDO PACIENTE….PREPARA SALA E EQUIPE PARA SAFENA! PERDENDO PACIENTE! (isso,os médicos gritavam pelo auto falante…eu gritava que não queria e nao ia morrer…queria minha chance!)
Amigos! tive uma parada cardiáca, entrando no elevador…( não tinha um desfibrilador na hora) foi na mão grossa que os médicos tentaram me reanimar (APANHEI… Q ANOS DEPOIS, AINDA ME DOÍA).
SINTETIZANDO: Realizaram a cirurgia de Ponte Safena…OUTRA PARADA CARDÍACA…E LONGA DEMAIS! os médicos chamaram a família e disseram que eu não tinha chance de sobreviver…e se em remota hipótese sobrevivesse, acordaria com uma sequela neurológica muito grave: CEGUEIRA, PARALISIA… UFA! Fiquei em coma alguns dias,sem nenhuma chance, perante a medicina.
Quando acordei, os médicos VIRAM UM MILAGRE!
NÃO MORRI-e não pretendo morrer tão cedo. Ainda tenho muitas coisas para fazer…e ver na vida.
RESPOSTA DIVINA: (PERANTE O MUNDO…MÉDICOS, FAMÍLIA E VÁRIAS TESTEMUNHAS: EU MORRI! )Mas Deus atendeu ao meu apelo!
Voltei a vida…RESSUSSITEI! Minha recuperação foi lenta, dificil e dolorosa para todos. Eu fui torturada viva…de uma maneira medieval! mas resisti!
Depois entrei numa depressão…fui ao fundo do poço! fui…até eu processar tudo aquilo que me aconteceu…foram anos difíceis!
Mas…estou aqui para contar essa história REAL.
EU ACREDITO EM MILAGRES!!!
EU ACREDITO QUE DEUS FALA CONOSCO E MANDA SEUS ANJOS NOS AJUDAREM EM MOMENTOS DIFÍCEIS!
EU ACREDITO QUE DEUS RESPEITA NOSSAS ESCOLHAS!!!
De: Ana Lucia de Castro – Salvador (BA) –

2 comentários em “Você acredita em milagres ?

  1. Bom dia Cristina. Orientamos vc a procurar um centro espirita na sua cidade para relatar seu comentário. Será mais fácil para vc uma conversa pessoalmente no local .Não desanime. Tenha fé. Abraços

  2. sabe eu ando muito triste, familia separada, nao me sinto bem dentro da minha e nem um outro lugar, nao durmo direito, estou sem trabalho e com dividas , meu marido sente muita dor nas pernas faz mas de 20 anos, e tb ta sem um trabalho garantido so faz bicos….eu ja fui atraz de politicos para conseguir algum trabalho e nada, parece que nada da certo para mim…..nossa me ajudem por favor, senao vou ficar louca. o meu filho Luis henrique esta se viciando em bebidas e sabe la mais o que, o meu filho tb com nome de luis augusto e muito de 26 anos , e muito bom ele mas nao tem controlo com contas e dinheiro e tem uns amigos que nao e muito legal so aproveita dele. a gente ate tinha uma vida estavel em relacao a emprego e dinheiro, mas o sobrinho do meu marido nos passou a perna e perdemos tudo, ate minha casa ele pegou se chama Carlos Kend Akasaki…..espero ter uma respostas de vcs….obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *