Skip to main content

Vencer as mágoas é questão de atitude.

Certa vez um discípulo foi perguntar ao mestre como poderia esquecer as magoas que os outros cometiam com ele.

O mestre disse: pegue esse saco e coloque para cada magoa, que você se lembra, uma batata destas. Você deve levar essa saco com você por todo tempo! Volte aqui depois de 6 semanas.

E assim fez o discípulo. Já no final da primeira semana, era incomodo carregar aquele saco.

Na segunda semana já deixava-o muito nervoso e descontente.

Na terceira semana ele só pensava nas batatas.

Na quarta semana as batatas começaram a apodrecer e o cheiro não deixava com que ninguém ficasse ao seu lado.

O cheiro era insuportável.

Uma semana antes do prazo o discípulo voltou ao mestre.

Mestre não aguento mais carregar essas batatas. Além de pesadas elas cheiram mal.

Minha vida se resumiu a levar essas batatas e ficar só, pois ninguém aguenta ficar ao meu lado!

Então vejo que aprendeu a lição- disse o mestre.

Como assim mestre? Eu vim aqui pedir ao senhor que me ensinasse a parar de me sentir magoado pelo que os outro me fazem… e o senhor me fez carregar batatas… Ainda não entendi…

As batatas são sua magoas. Você pode deixa-las para trás e viver sua vida.

Ou apenas carrega-las para sempre, tornado cada vez mais pesado essa saco. E de tão azedo que você vai ficando, as pessoas não mais vão querer ficar ao seu lado.

Pois sua vida se resumiu a levar batatas podres.

Você prefere continuar a levar batatas ou joga-las fora?

Mestre- Eu quero joga-las fora!- Obrigado!

”Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus”.
De: Grupo Socorrista Obreiros do Senhor Jerônimo Mendonça Ribeiro

Colaboração: Gorete Piesigilli

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *