Skip to main content

Sinto vergonha de mim

O poema de Rui Barbosa, transcrito a seguir, é de uma impressionante atualidade. Poderia ter sido escrito hoje sem mudar uma palavra… —————————————— Sinto vergonha de mim por ter sido educador de parte desse povo, por ter batalhado sempre pela justiça, por compactuar com a honestidade, por primar pela verdade e por ver este povo […]

Leia Mais