Skip to main content

Bolinha de papel

Quando criança, por causa de meu caráter impulsivo, tinha raiva a menor provocação. Na maioria das vezes, depois de um desses incidentes me sentia envergonhado e me esforçava por consolar a quem tinha magoado. Um dia, meu professor me viu pedindo desculpas depois de uma explosão de raiva. Entregou-me uma folha de papel lisa e […]

Leia Mais

Nossos velhos

Pais heróis e mães heroínas do lar. Passamos boa parte da nossa existência cultivando estes estereótipos. Até que um dia o pai herói começa a passar  o tempo todo sentado, resmunga baixinho  e puxa uns assuntos sem pé nem cabeça. A heroína do lar começa a ter dificuldade de concluir as frases e dá de […]

Leia Mais