Skip to main content

Não digas nunca: Coitado

Hábito tradicional, piedoso mesmo, mas de absoluto negativismo, é essa exclamação: “-Coitado!…” ou “-Coitada!…” Essa exclamação tem um poder mórbido, capaz de fazer descer o nível moral do que mereceu tal comiseração. Se a vida coloca pedras e precipícios em nosso caminho é porque quer que os atravessemos conscientemente, sabendo que nos compete romper todos […]

Leia Mais