Skip to main content

Na prática da solidariedade

Corria o ano de 1928, Francisco Cândido Xavier estava na reunião do Centro Espírita Luiz Gonzaga, em Pedro Leopoldo, Minas Gerais, quando algumas pessoas chegaram pedindo socorro para um mendigo cego que, sendo guiado por um companheiro embriagado, caíra de um viaduto, de uma altura de quatro metros. O cego sem ninguém, pois o guia […]

Leia Mais

Água da paz

Uma das histórias mais conhecidas a respeito de Chico é a da Água da Paz. Dizem que era muito comum, antes de se iniciarem as sessões no centro espírita Luiz Gonzaga, ocorrerem algumas discussões a respeito de mediunidade, especialmente provocadas por pessoas pouco esclarecidas sobre o assunto. Essa situação começou a provocar certa irritação em […]

Leia Mais

Exercício de paciência

Todo sábado o grupo de voluntários que trabalhava com Chico saía para fazer caridade. Daí, de repente, chega um conhecido do médium, totalmente bêbado, que havia virado alcólatra. Impacientes, a equipe pedia a Chico para irem logo fazer caridade, mas o paciente Chico acolheu o bêbado com alegria e pediu para ele começar a cantar […]

Leia Mais

Surra de Biblia

Lutando no tratamento de 4 irmãs obsidiadas, José e Chico Xavier gastaram alguns meses até que surgisse a cura completa. No princípio, porém, da tarefa assistencial houve uma noite em que José foi obrigado a viajar em serviço da sua profissão de seleiro. Mudara-se para Pedro Leopoldo um homem bom e rústico, de nome Manuel, […]

Leia Mais

Boneca e Chico Xavier

Chico Xavier tinha uma cachorra de nome Boneca, que sempre esperava por ele, fazendo grande festa ao avistá-lo. Pulava em seu colo, lambia-lhe o rosto como se o beijasse. O Chico então dizia: – Ah Boneca, estou com muitas pulgas !!!! Imediatamente ela começava a coçar o peito dele com o focinho. Boneca morreu velha e […]

Leia Mais

Caridade e mudança de vida

Em 1928, um mendigo cego sofreu um acidente ao cair de um viaduto, numa altura de quatro metros, e foi levado por algumas pessoas até o centro Luiz Gonzaga para que lhe dessem ajuda. Chico fez o que pôde pelo pobre homem, ajudando-o à noite (o período em que tinha tempo para isso). Apesar da […]

Leia Mais