Skip to main content

Eu tive que aceitar

Eu tive que aceitar, que  meu corpo nunca fora imortal, que ele envelhecerá e um  dia se acabará. Eu tive que aceitar, que  eu viera ao mundo, para fazer algo por ele, para tentar dar-lhe o melhor de mim, deixar rastros positivos de minha passagem e , em dado momento partir… Eu tive que aceitar que meus  pais não durariam para sempre, e que meus filhos pouco a pouco escolheriam seus caminhos e prosseguiriam sua caminhada sem mim. Eu tive que aceitar que eles  não eram meus como supunha e que a liberdade de ir e […]

Leia Mais