Skip to main content

Por maior que sejam as dificuldades, você precisa acreditar que pode vencê-las!

Nessas pausas sentada na praça, fico pensado o quanto as vezes deixamos nos abater e sermos vencidos pelas crises, sejam elas financeiras, emocionais ou políticas. É difícil você enxergar uma luz no fim do túnel ou uma ponta de esperança em meio a tantas noticias ruins.

E realmente eu entendo o sofrimento de tantas pessoas que sofrem hoje de desilusão, seja ela pela perda de um emprego ou pela depressão. Tenho pessoas próximas a mim que sofrem profundamente por terem perdido a fé na vida e nelas mesmas.

Talvez possa parecer que estou vendendo sonhos inúteis, quando escrevo que precisamos acreditar, que temos que nos reinventar, mas não são!
Eles me mantém viva! Sã! E não me fazem desistir. Sabe porque? É triste demais ver alguém entregando os pontos, não acreditando mais no seu valor.

Se afastando das pessoas e acreditando que não tem mais saída.
Por isso eu digo e sempre vou repetir, TEM SAÍDA SIM! Talvez não seja a que você quer, do jeito que você quer, MAS ELA EXISTE. E o grande trunfo do ser humano é a adaptação. Somos seres adaptareis, conseguimos ser criativos e nos inovar sempre. As ferramentas estão dentro de cada um de nós.

Mas precisamos acreditar! Precisamos deixar nossas teorias e nossas resistências de lado e nos lançar ao novo. E enxergar nas adversidades oportunidades de sermos melhores. Aproveite o tempo em casa para orar/rezar/meditar, para caminhar, para conhecer pessoas, ver os amigos, para conversar com quem te faz bem.

Sei que não é fácil, pode ter certeza que eu sei. E sei também que Deus sempre manda “anjos” em nosso socorro, e não são de asas e túnica branca. São pessoas comuns que surgem na nossa vida para nos ajudar, nos indicar um caminho, uma entrevista, um contato e temos que estar atentos para não desprezarmos.

Nem tudo será do jeito que a gente quer, nem tudo vai ser da forma que a gente sonha, mas vai ser da forma que a gente precisa. É nessa hora que muita gente deixa as oportunidades passarem. Muita gente não aceita um trabalho em um cargo inferior por vergonha. Pois não admite ganhar menos que seu Doutorado, Mestrado etc.. lhe permite.

Mas esquece que muitas vezes um passo para trás é uma bela forma de pegar impulso. Trabalhar em um cargo inferior não é desvalorizar seu diploma, é fazer você sair da sua zona de conforto. É você aprender lições que talvez tenha passado despercebido quando você mais precisava e fazer um grande diferencial no ser humano que você é.

Quem não é visto, não é lembrado! Quem não luta, dificilmente encontrará a vitória. Pois é assim que vencemos, lutando dias a fio pelos sonhos e vencendo as dificuldades. É assim que vamos ultrapassando as barreiras e tudo um dia vira história, para ser contada sejam em um palco ou em uma roda de amigos. Não Importa, é sua História!

Como disse, sei bem o que é uma pessoa ser engolida pela depressão. Uma pessoa que tem tanto para dar, mas simplesmente não consegue lutar. Mas eu não desisto de acreditar que ela pode vencer. Que você pode vencer !

Minha avó sempre diz: “O jogo só acaba quando o juiz apita. Pois enquanto ele não apitou, o jogo não acabou e ainda podemos de virar o placar”. Sabedoria de uma pessoa que venceu todas as barreiras e aos 83 anos ainda vence uma a uma.

Gostaria muito de poder fazer que a esperança brotasse no coração de cada um que ler esse artigo, que essa pessoa que tanto amo, acreditasse que o valor da vida é sempre renovado quando nos abrimos a novo e a tudo que ele nos trás.

Mas também sei, como na parábola do semeador, existem 4 solos: o a beira do caminho o espinhoso, o pedregoso e o fértil. Não cabe a mim, escolher aonde as sementes vão cair, mas somente a semear, sem desistir e sem desanimar!!!

Um grande abraço!

Não deixe que os tropeços da vida tire sua inspiração de viver!

Por: Ana Lucia Souza Machado

http://umblogamineira.blogspot.com.br/
https://www.facebook.com/alumineira/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *