Skip to main content

Pais e filhos

Exigimos de nossos filhos uma conduta diferente, mas não podemos esquecer nem ignorar que, os filhos que

Deus nos dá no dia de hoje, são os frutos de nossos atos de ontem.

Se o presente nos fala do passado, é bom nos lembrarmos de quando em quando, da nossa conduta junto dos pais que nos agasalharam, para sentirmos em sã consciência,
a dificuldade que tiveram para fazer de nós, homens de bem, em nossos impulsos de rebeldia e de desobediência.

Aceita os filhos que Deus te deu tais quais são, reprimindo-lhes os atos que te parecem indignos,
com a tua perseverança na dignidade e no bem, dentro do lar e fora dele.

Não imagines nem penses que a tua corrigenda possa surgir de imposições ou exigências na sua direção, não!

Nas horas que ages erradamente, pensando que estás certo na tua maneira de viver.

Agora, as circunstâncias, na direção de teus filhos te  pedem discernimento, paciência, humildade,
e compreensão, para que possam se equilibrar.

Persevera fiel no posto que Deus te confia, trabalhando e servindo, visando sempre o bem comum, e não duvides que se na hora extrema da tua dor pelo teu desatino, ele te levantou, colocando-te na trilha certa da verdade e do bem.

Também agora à frente dos filhos que tanto te fazem sofrer, não te deixará sem o amparo necessário, para que tenhas a capacidade de encaminhá-los ampliando-lhes a visão espiritual com o teu exemplo de amor cristão.

_Paz, Amor e Caridade

Autor desconhecido

Recebido de : Sonia (Londrina)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *