Skip to main content

O que há de errado comigo

Muitos de nós passamos por sentimentos, tais como vergonha, solidão, ódio, ou  diversas sensações  de deficiências.

Assim muitos de nós gastamos enormes  energias  se sentindo assim.

Como é que estes sentimentos  afetam nossas vidas?

Ela afeta tudo. Afeta até  essa leitura neste momento.

Sentimos preocupados em falhar e temos de nos acalmar.

Cada um de nós crescemos com conjunto de normas elaboradas  por nossos cuidadores e a cultura que  nos informou como agir, a fim de ser amado ou respeitado.

Porem, não somos perfeitos. Todos nós causamos danos em nós e nos outros.

Por vezes, causamos damos de maneira que é muito difícil perdoar.

Veja como é nossa reação aos sentimentos. Vamos dizer que você está passando por um bosque e  vê um cão próxima a uma árvore e  acaricia o pequeno cão, mas ele pula sobre você com seus dentes afiados para atacá-lo. Nesse momento você deixa de ser amigável e fica  com raiva do cão. Mas ai você vê que a pata do cão está em uma armadilha. Então você deixa a raiva de lado para dizer: “Oh, coitadinho.”

Nós ainda fazemos o que precisamos  para nos proteger, mas nos dá a qualidade do coração que nos permite responder à situação de uma forma muito mais compassivo e inteligente.

Outro exemplo que li e achei sensacional.e

Uma garota estava nas drogas, e suas notas na escola estavam em queda livre.

A mãe estava  irritada com sua filha. Estavam em um impasse muito ruim. Resumindo toda história, a mãe reconheceu o erro dizendo: “Eu falhei com ela. Isso está acontecendo porque eu sou uma mãe ruim. Eu sou uma pessoa terrível. Eu sinto que eu falhei

Qual será  a sensação desta mãe que sentiu  falhando com  alguém?

Foi sentimento de vazio e dor ?De fracasso?  Tristeza na  alma?

Qual seria o melhor remédio, dizer a filha: “Sinto muito, e eu te amo.” ?

Certamente seria ideal e com o  degelo  começariam a  comunicar.

Parece que precisamos trabalhar em nós mesmos antes de começar a trabalhar em nossos relacionamentos.

Nós estamos feridos nos relacionamentos, e nós curamos nos relacionamentos.

No campo espiritual, você pode ouvir pessoas dizendo: “Você não pode olhar para outras pessoas, siga o seu próprio anjo. Mas a verdade é que outra pessoa em sua vida pode ser que é um espelho da tua bondade, que pode sentir com compaixão a sua vulnerabilidade.

Portanto solte as amarras da  auto-recriminação,  você  vai se tornar mais capaz de responder aos outros de uma maneira sábia e amorosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *