Skip to main content

Mediunidade não está à venda

A mediunidade é coisa santa, que deve ser praticada santamente, religiosamente.

Se há um gênero de mediunidade que requeira essa condição de modo ainda mais absoluto é a mediunidade curadora.

O médico dá o fruto de seus estudos, feitos, muita vez, à custa de sacrifícios penosos.

O magnetizador dá o seu próprio fluido, por vezes até a sua saúde. Podem pôr-lhes preço.

O médium curador transmite o fluido salutar dos bons Espíritos; não tem o direito de vendê-lo.

Qualquer profissional da saúde que emprega o seu magnetismo para alcançar melhor resultado no tratamento dos seus pacientes, é alguém que entendeu que o exercício da espiritualidade não está restrito ao templo, e que um dia deverá se expandir para todas as atividades humanas.

Nelson Moraes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *