Skip to main content

Indios Fulni-ô dizem que Domingos Montagner virou protetor do rio São Francisco

Se na novela “Velho Chico” os índios Fulni-ô  salvaram a vida de Santo, na vida real eles tentaram amenizar a dor que os familiares, amigos e fãs estão sentindo após a morte de Domingos Montagner, nesta quinta-feira, em decorrência de um afogamento no rio São Francisco, no Sergipe.
Durante o programa “Encontro”, Fátima Bernardes leu um depoimento dos indígenas que participaram da novela.

No texto, eles dizem que estão de luto, e que durante um ritual para a alma do ator um senhor mandou o seguinte recado:

“Por que estão querendo trazer a alma dele de volta?

Ele nasceu de novo hoje.

Ele se tornou um novo protetor do rio São Francisco, que estava tão esquecido.

Porque esse rio não pode morrer.

A novela contou todos os mistérios do rio e esse é mais um deles.

Mas ele se tornou um ser de luz, pois a água não tira a vida, ela dá a vida.

Fiquem felizes pela alma dele, pois quando ele entrou no rio se despediu do corpo e alma,
nasceu em um mundo melhor.

Algum dia os brancos irão entender isso.

Então, temos que fazer um ritual para que os brancos entendam e sejam fortes,
pois ele está bem.

Ele agora é um protetor do rio São Francisco”.

Colaboração: Suely Dos Anjos – www.facebook.com/suely.anjos

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *