Skip to main content

Importa a ti o que realmente pensam de ti?

 

_______673462

Importa a ti o que realmente pensam as pessoas sobre as riquezas de teu mundo espiritual?
Importa a ti a dúvida dos que te olham descrentes ao ouvir quem te acompanha e protege os passos?
Importa a ti realmente os que duvidam de tua fé e tua consciência no porvir?
Não lamentes e não deixe energias negativas empanar o brilho de teus olhos.

Basta de sangrar teu coração,
Basta de lágrimas de dor em teu olhar doce e terno!
A tua luz e o teu amor é o que verdadeiramente importa na tua doação.
Este é o milagre que fará despertar o seu orbe para o Divino Amor.

Não importa que creiam ou não em quem te dirige os passos.
O Divino Amor que vibra em teu peito só a ti pertence e ninguém mais deve se inteirar.
Apenas tu deves sentir e vibrar dentro deste amor total,
Que sempre te catapultou para patamares superiores na vibração.

Quando a dor te sufocar,
Recorda-te de teu Mestre Maior tendo origem na essência divina,
Sendo filho do Criador foi tratado como insano, infiel e embusteiro.
Recebeu a zombaria, enquanto trazia em suas palavras a salvação, a reconciliação, o amor total.

Recorda-te sempre, Que teu Mestre Maior jamais negou o Pai e o Reino a que pertencia,
Mesmo diante do calvário e da cruz ignominiosa afirmou ser Filho do Criador.
Nas portas da morte Seu grito foi de piedade àqueles que perdiam a oportunidade da redenção.
Defronte à própria dor Jesus Cristo pode enxergar o sofrimento daqueles irmãos que o condenavam na cegueira da ignorância.

Crês poder sentir-te infeliz por pressentir a dúvida no olhar de seus irmãos?
A estrada é longa, nem sempre os caminhos são fáceis,
Mas a tua certeza no porvir, tua fé em nosso Mestre Jesus,
O teu amor em nosso Pai Criador derramam o balsamo do Divino Amor aos nossos pés.

Caminharemos lado a lado unidos pela eternidade, Mesmo que a descrença brote nesta estrada como erva daninha.
Porque te afirmo,
-O que Deus uniu na eternidade o homem não separará!

Emmanuel
Mensagem psicografada por Márcia Helena
Colaboração: Regina Celi Goulart

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *