Skip to main content

Você é importante

A vida de muitas pessoas provavelmente mudaria se alguém fizesse por donde elas se sentissem importantes. O professor Ronald Rowland, da Califórnia, contou a experiência que teve com um estudante de nome Chris, no início de suas aulas de artesanato: Chris era um menino muito quieto, tímido e inseguro, o tipo do aluno que, em […]

Leia Mais

Princípio do vácuo

(Joseph Newton) Você tem o hábito de juntar objetos inúteis no momento, acreditando que um dia (não sabe quando) poderá precisar deles? Você tem o hábito de juntar dinheiro só para não gastá-lo, pois no futuro poderá fazer falta? Você tem o hábito de guardar roupas, sapatos, móveis, utensílios domésticos e outros tipos de equipamentos […]

Leia Mais

Escuta Íntima

por Aline Rangel (Psicóloga) Ouvir-se em profundidade é processo demasiado complexo e desafiador. Diferente do que esperamos, ao buscarmos melhores níveis de autoconhecimento, ao investirmos criteriosamente em autodescoberta, não nos deparamos com uma voz a clamar pelo que nos faz melhores, mas sim inúmeros e discordantes apelos que nos alertam para o fato de sermos […]

Leia Mais

Aceitação incondicional

Recentemente terminei minha faculdade. O último trabalho que tive que apresentar foi o de sociologia. O professor apresentou um projeto chamado sorriso. Foi solicitado à classe que saísse, sorrisse para três pessoas e documentasse suas reações. Logo depois da aula, eu, meu marido e meu filho mais novo fomos à uma lanchonete. Estávamos na fila […]

Leia Mais

ASSIM É A VIDA…

 “Um garoto que nasceu com uma doença que não tinha cura. Tinha 17 anos e podia morrer a qualquer momento. Sempre viveu na casa de seus pais, sob o cuidado constante de sua mãe. Um dia decidiu sair sozinho e, com a permissão da mãe, caminhou pela sua quadra,  olhando as vitrines e as pessoas […]

Leia Mais

O SACO DE CARVÃO

O pequeno Zeca entra em casa, batendo os pés no assoalho com força. Seu pai, que estava indo para o quintal fazer alguns serviços na horta, chama o menino para uma conversa. Zeca, de oito anos de idade, o acompanha desconfiado. Antes que seu pai dissesse alguma coisa, fala irritado: Pai, estou com muita raiva. […]

Leia Mais