Skip to main content

Ansiedade

Você está estressado (a) hoje?

Qual é a sua tática neste momento?

Ir para casa para se esconder sob as cobertas? Fazer compras?

Ir a uma lanchonete descontrair?

Ligar para um amigo (a), acessar a internet ou ir num canto orar com fé?

Evoluímos para sobreviver em grande parte no engajamento social e para conectar com alguém.

Quando estamos em um lugar seguro com pessoas “boas” que não são familiares, nosso sistema nervoso entra em um estado de calma, tranquilidade.

É uma sensação muito boa para estar nesse estado, é uma das razões que todos anseiam para uma nova conexão.

Quando nosso sistema nervoso percebe uma ameaça, nosso sistema sobrecarrega, parece que a voltagem subiu lá nas alturas e a nossa capacidade de decifrar o que esta acontecendo no exato momento fica um pouco perturbado, dai vem a ansiedade de tentar resolver o mais rápido possível.

Sabe aquela música alta nos carros dos jovens as quatro da manhã naquela lanchonete, ou na rede de fast food ao lado de sua casa, é ligado no automático seu estresse ou ansiedade.

A maioria das pessoas tem pelo menos alguma ansiedade social, de reunir para comer, beber e conversar, e isso ajuda e muito a envolver socialmente.

Quando escolhemos para lidar com nossas ansiedades para isolarmos, podemos recorrer a mídia social como o Facebook como uma forma “mais segura” de interação social.

Você já leu esta frase:” Bem-Aventurados os Aflitos”

Podemos encontrar auxílio para a ansiedade em qualquer Centro Espírita. Suponha que ela esteja acompanhada por influência de Espíritos imperfeitos. Nesse caso, o diálogo com essa entidade pode afastá-la do nosso convívio e nos dar calma para o nosso dia a dia. As palestras evangélicas, os passes, os cursos de Espiritismo são outros tantos alimentos para modificar os nossos reflexos.

Joanna de Ângelis, disse: “Controla a tua ansiedade. A ansiedade mal
dirigida produz danos orgânicos de variada classe e gera mal-estar onde se apresenta.
Irradia uma onda inquietante e espalha insegurança em volta. A pessoa ansiosa requer mais atenção, que nem sempre se lhe pode dispensar; está sempre queixosa e acarreta problemas para as demais; vê o que ainda não está ocorrendo e precipita-se a situações indesejáveis, para arrepender-se depois. A calma é o abençoado antídoto da ansiedade, que advém quando desejas esforçar-te para viver em paz”.

Frequentemente adotamos atitudes estranhas, como tentar esconder a ansiedade ou negá-la.

Não raro, ela é a causa oculta dos transtornos alimentares, das dependências químicas, como também é responsável pela busca de alívio em atividades como o jogos de azar, comprar compulsivamente, sexo compulsivo e até mesmo o trabalho excessivo que é a fuga mais bem aceita socialmente.

Desta forma, acostumamo-nos a sempre ver a ansiedade como uma coisa negativa, um erro evolucionário.

Nessa vida atribulada há sempre cobranças para um melhor aperfeiçoamento no trabalho, no lar, na vida a dois.

Essa realidade de hoje que enfrentamos às vezes não é possível suportar.

Temos que ser extremamente competitivos e eficientes, ainda mais dentro do cenário político que vivemos, pelo menos aqui no Brasil. A ansiedade nesta situação você manipula as suas próprias regras.

Estamos sempre criando nossos filhos numa sociedade super exigente, cheia de valores consumistas e individualistas, que tendem a separar as famílias.

Se você já frequentou ou frequenta um Centro Espírita notou que falasse pouco ou quase nada sobre ansiedade ?

Geralmente é ignorada e vai para debaixo do tapete o assunto

Vamos refletir sobre a ansiedade e, ao constatá-la trabalhemos para eliminá-la antes que se torne um estado patológico, quando somente poderá ser tratada com o auxílio de profissionais de saúde.