Skip to main content

A Ansiedade e o Medo de Falhar!

Você pensa demais antes de fazer as coisas e muitas vezes acaba não fazendo nada? Se vê preso(a) ou paralisado(a) em algumas situações com medo e insegurança do que fazer, de qual decisão tomar?

Analisa tudo, calcula tudo, planeja tudo, pensa em todas as possibilidade e fica desejando o risco zero?

Quer resolver os problemas das pessoas e do mundo? Adora check lists, se atenta de forma minuciosa a detalhes, regras, organização e horários? É visto pelas pessoas a sua volta como perfeccionista?

Então, esse vídeo pode ser para você! – Teimosia, rigidez, inflexibilidade, dificuldade de se desprender de objetos, preocupação excessiva com regras, listas, organização, horários, perfeccionismo que interfere na conclusão de tarefas, dedicação excessiva ao trabalho e à produtividade, em detrimento de atividades de lazer e amizades, inflexibilidade em assuntos de moralidade, ética ou valores, incapacidade de desfazer-se de objetos usados ou inúteis, relutância em delegar tarefas, adoção de um estilo miserável quanto a gastos pessoais…essas são algumas das principais características dos pacientes ansiosos –

Tem esse desejo de prever as coisas, de controlar o que vai acontecer, de medir, calcular e por isso há uma busca constante pelo planejado, pelo estruturado, pelo correto, pelo perfeito, pelo garantido, o 100%.

Como ele não quer falhar, ele não quer correr riscos. Mas é justamente no risco, no poder enfrentar as situações como elas se apresentam sem ficar nesse planejamento excessivo que se encontra o prazer, o bom e a possibilidade de ter mais, experimentar outras coisas e sair do já conhecido. –

Por isso muitas vezes, os ansiosos ficam paralisados. Então tem-se que a ansiedade nos coloca em movimento ou nos paralisa, porque na ansia de fazer você vai pra fora, vai fazer, lida com aquilo, enfrenta, se mexe. Ou então fica idealizando tanto, imaginando tanto , fantasiando tanto que nada faz.

Quer-se o garantido, o 100% certo. E quando falamos da realidade estamos falando do que se apresenta, do que está ali, do que não é garantido, do que não sai estruturado, certinho, equalizado. –

Esse evitamento, adiamento das situações e dos problmas, torna a coisa maior, a questão a ser resolvida fica grandiosa, monstruosa e quanto mais se adia, pior fica e isso torna a ansiedade e a angústia ainda maiores. –

O ansioso dedica tempo e energia nessa idealização, nessa ilusão de como as coisas têm que ser e aí se esquece da realidade, do que pode efetivamente ser feito, do que está ao seu alcance, o que de fato ele consegue, sabe e tem conhecimento, recursos e condições para fazer. E não do que você gostaria de ter para poder fazer. –

Quanto mais se vive e se alimenta essa fantasia (de que tenho que fazer assim, desse jeito senão não está bom) , o que poderia ser feito de fato, vai ficando para trás até cair na frustração, no desânimo.

É por isso que ele quer fazer tudo rápido pra se livrar logo daquilo, pra se livrar do sofrimento, mas o que ocorre é que ele acaba dando de cara com ele, o sofrimento, porque ao fazer rapido pra se livrar ele não consegue se empenhar e fazer do que jeito que ele queria e aí vem a frustração por não ter alcançado o resultado desejado – Há uma demanda de amor que é a necessidade primaria do ser humano, o amor dos pais.

Por isso, ele repete em todos os seus relacionamentos (amizades, no trabalho, em casa, com o marido, o namorado, a esposa) essa busca por uma autorização, uma aprovação. Como se dissesse em todas as atitudes: o que estou fazendo está certo? Está bom? O que você acha? –

Para poder ter mais elogios, ele se coloca num papel de alta eficiência e sai querendo resolver tudo, todos os problemas, na maior parte das vezes são os problemas dos outros e aí ele sai pegando demanda que nem é dele.

Nesse vídeo, proponho essas reflexões: Porque esse medo tão grande de errar? Porque esse evitamento das situações e dos problemas? Porque essa busca constante por reconhecimento e aprovação? O que você quer para a sua vida?

Roberta Chiconi Psicóloga CPR 06/112456 Contato: (19) 99152.3645 Av. Paulista, 684 – Jardim Colina – Americana/SP

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.